O cantor Wesley Safadão, a esposa Thyane Dantas e a produtora Sabrina Tavares recusaram um acordo ofertado pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), em audiência realizada nesta quinta-feira, 28, sobre o caso da vacinação irregular contra a Covid-19 do trio.

A proposta tratava-se da prestação pecuniária a ser destinada a uma entidade pública ou privada com trabalhos sociais em substituição a um possível processo criminal sobre o caso.

O trio e a defesa recusaram o acordo como pagamento da pena.


De acordo com MPCE, devido à recusa, o procedimento seguirá para análise do Grupo de Trabalho.


(Foto:Reprodução/Instagram)

Deixe seu Comentário