A nova variante Ômicron do coronavírus representa um "risco muito elevado" para o planeta, advertiu nesta segunda-feira (29) a Organização Mundial da Saúde (OMS), que também destacou as incógnitas sobre esta mutação, especialmente sobre o perigo real que ela representa.


Devido à nova cepa, vários países já cancelaram ou restringiram os voos procedentes do sul-africano.

No Brasil, a medida restritiva foi recomendada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).


(Foto: Débora Barreto/Fiocruz)

Deixe seu Comentário